Pronunciamento

Pois é… Como é que uma criatura que se farta com cartões corporativos protegidos por sigilo, que não move uma palha pra acabar com as votações secretas e que faz questão de esconder seus gastos no exterior me vem falar de “transparência”. Imagine você, leitor, com um cartão nas mãos, cuja conta você não precisará pagar, protegido por sigilo absoluto. Agora imagine um político. Do PT.

E de que adianta investir mais uns tantos milhões nessa doutrinação marxista travestida de educação, que produz um gado uniforme, todos pensando do mesmo jeito, e ainda jurando que os manipulados são os outros? Que vão pras ruas pedir o fim da corrupção, como se quem rouba fosse ficar sensibilizado por isso e parar de roubar. Por favor! Quem dá a melhor educação no Brasil (e isso não significa necessariamente que seja boa)? Escolas privadas! Quer educação de verdade? Use esse dinheiro para dar bolsas pros mais pobres estudarem nas escolas privadas. Isso, sim, os ajudaria. Não jogar mais dinheiro em um investimento que já sabemos que não funciona, e enquanto isso pagar uma escola privada pro seu filho, já que você não é besta…

Se o transporte público (geralmente um monopólio criado pelo próprio Estado) é ruim, por que não abrir para que concorrentes entrem? Permitam os donos das tais “vans piratas” entrarem no jogo e cobrarem o preço que quiserem, e você verá os preços caindo. E de quebra mais possibilidades de o mais pobre ganhar dinheiro (seja comprando uma van ou dirigindo). Mas é o próprio Estado que impede a concorrência, beneficiando os donos dos monopólios de transportes. Foi ele mesmo que criou o problema, só pra depois vir resolvê-lo. E os cegos batem palmas pros governadores e prefeitos que baixaram as tarifas, sem perceber que continuarão pagando o mesmo preço, só que não diretamente. E que o monopolista, dono da empresa de transporte, continuará recebendo a grana dele, do mesmo jeitinho que antes, só que diretamente do governo.

Aqui em Brasília estão querendo “tarifa zero”. Agnelo diz que isso custaria R$ 130 milhões por mês, mais de R$ 1,5 bilhões por ano. Esse povo realmente quer gastar esse dinheiro todo só pra andar de ônibus “de graça”? Entre aspas mesmo, porque nada é de graça. É óbvio que vamos continuar pagando o mesmo valor, só que não para o cobrador, mas direto pro Estado. Aliás, por falar em cobrador, alguém já reparou que eles perderão o emprego? E você vê alguém preocupado com a situação deles?

E a cereja do bolo: o vídeo postado no youtube no canal oficial não permite clicar nos botões “gostei” e “não gostei” nem permite comentários. E tem gente que acredita que o governo realmente está preocupado com a nossa opinião…

Anúncios

Um comentário sobre “Pronunciamento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s