Pastor se veste de mendigo e surpreende fiéis

jeremias-steepek

O pastor Jeremias Steepek (foto) se disfarçou de mendigo e foi a igreja de 10 mil membros onde ia ser apresentado como pastor principal pela manhã. Caminhou ao redor da igreja por 30 minutos enquanto ela se enchia de pessoas para o culto. Somente 3 de cada 7 das 10.000 pessoas diziam “oi” para ele. Para algumas pessoas, ele pediu moedas para comprar comida. Ninguém na Igreja lhe deu algo. Entrou no templo e tentou sentar-se na parte da frente, mas os diáconos o pediram que ele se sentasse na parte de trás da igreja. Ele cumprimentava as pessoas que o devolviam olhares sujos e de julgamento ao olhá-lo de cima à baixo.

Enquanto estava sentado na parte de trás da igreja, escutou os anúncios do culto e logo em seguida a liderança subiu ao altar e anunciaram que se sentiam emocionados em apresentar o novo pastor da congregação: “Gostaríamos de apresentar à vocês o Pastor Jeremias Steepek”. As pessoas olharam ao redor aplaudindo com alegria e ansiedade. Foi quando o homem sem lar, o mendigo que se sentava nos últimos bancos, se colocou em pé e começou a caminhar pelo corredor. Os aplausos pararam. E todos o olhavam. Ele se aproximou do altar e pegou o microfone. Conteve-se por um momento e falou:

“Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Venham, benditos de meu Pai! Recebam como herança o Reino que foi preparado para vocês desde a criação do mundo. Pois eu tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; fui estrangeiro, e vocês me acolheram; necessitei de roupas, e vocês me vestiram; estive enfermo, e vocês cuidaram de mim; estive preso, e vocês me visitaram’. “Então os justos lhe responderão: ‘Senhor, quando te vimos com fome e te demos de comer, ou com sede e te demos de beber? Quando te vimos como estrangeiro e te acolhemos, ou necessitado de roupas e te vestimos? Quando te vimos enfermo ou preso e fomos te visitar?’ “O Rei responderá: ‘Digo a verdade: O que vocês fizeram a algum dos meus menores irmãos, a mim o fizeram’.”

Depois de haver recitado o texto de Mateus 25:34-40, olhou a congregação e lhes contou tudo que havia experimentado aquela manhã. Muitos começaram a chorar, muitas cabeças se inclinaram pela vergonha. O pastor disse então: “Hoje vejo uma reunião de pessoas, não a Igreja de Jesus Cristo. O mundo tem pessoas suficientes, mas não suficientes discípulos. Quando vocês se tornarão discípulos?”. Logo depois, encerrou o culto e despediu-se: “Até semana que vem”! Ser cristão é mais que algo que você defende. É algo que vive e compartilha com outras pessoas.

Faculdade de Teologia

No final do ano passado resolvi dar uma mexida na vida, fiz um processo seletivo e em fevereiro comecei o Curso Superior de Teologia da FATEO. Esse espaço poderá ser muito útil para o curso, para aprender a escrever e para ouvir críticas; o que está faltando é tempo.

Mas mesmo se eu conseguir tempo pra escrever aqui, não esperem textos profundos, pois estou apenas o início do curso, e minha cultura teológica é pífia. Tentarei escrever sempre que possível, mas tô vendo que será complicado. Colocar aqui os trabalhos feitos lá é uma opção, vou ver se faço ao menos isso…

Rezem por mim!

Malaquias

Capítulo Versículos Trecho
1 1
2-5 O amor de Iahweh por Israel
6-14 Acusação contra os sacerdotes
2 1-9
10-16 Casamentos mistos e divórcios
17 O dia de Iahweh
3 1-5
6-12 Os dízimos para o templo
13-21 O triunfo dos justos no Dia de Iahweh
22-24 Apêndices

Fonte: Bíblia de Jerusalém.

Zacarias

Capítulo Versículos Trecho
1 1-6 Exortação à conversão Primeira parte
7-17 Primeira visão: os cavaleiros
2 1-4 Segunda visão: chifres e ferreiros
5-9 Terceira visão: o medidor
10-17 Dois apelos aos exilados
3 1-7 Quarta visão: a veste de Josué
8-10 A vinda do “Rebento”
4 1-6a Quinta visão: o lampadário e as oliveiras
10b-14
6b-10a Três palavras relativas a Zorobabel
5 1-4 Sexta visão: o livro que voa
5-11 Sétima visão: A mulher no alqueire
6 1-8 Oitava visão: os carros
9-15 A coroa ex-voto
7 1-3 Questão sobre o jejum
4-14 Retrospecção sobre o passado nacional
8 1-17 Perspectivas de salvação messiânica
18-19 Resposta à questão do jejum
20-23 Perspectivas de salvação messiânica
9 1-8 A nova terra Segunda parte
9-10 O Messias
11-17 O restabelecimento de Israel
10 1-2 Fidelidade a Iahweh
3-12 Libertação e retorno de Israel
11 1-3
4-17 Os dois pastores
12 1-14 Libertação e renovação de Jerusalém
13 1-6
7-9 Prosopopeia da espada: o novo povo
14 1-21 O combate escatológico; esplendor de Jerusalém

Fonte: Bíblia de Jerusalém.

Ageu

Capítulo Versículos Trecho
1 1-15a A reconstrução do Templo
15b A glória do Templo
2 1-9
10-14 Consulta aos sacerdotes
15-19 Promessa de prosperidade agrícola
20-23 Promessa a Zorobabel

Fonte: Bíblia de Jerusalém.

Sofonias

Capítulo Versículos Trecho
1 1
2-3 Prelúdio cósmico I. O dia de Iahweh em Judá
4-7 Contra o culto dos deuses estrangeiros
8-9 Contra os altos dignitários da corte
10-11 Contra os comerciantes de Jerusalém
12-13 Contra os incrédulos
14-18 O dia de Iahweh
2 1-3 Conclusão: apelo à conversão
4-7 Inimigo no ocidente: os filisteus II. Contra as nações
8-11 Inimigos no oriente: Moab e Amon
12 Inimigo no sul: Cush
13-15 Inimigos ao norte: Assíria
3 1-5 Contra os dirigentes da nação III. Contra Jerusalém
6-8 A lição das nações
9-10 Conversão dos povos IV. Promessas
11-13 O humilde Resto de Israel
14-17 Salmos de alegria em Sião
18-20 A volta dos dispersos

Fonte: Bíblia de Jerusalém.

Habacuc

Capítulo Versículos Trecho
1 1
2-4 Primeira lamentação do profeta: a derrota da justiça I. Diálogo entre o profeta e o seu Deus
5-11 Primeiro oráculo: os caldeus, flagelo de Deus
12-17 Segunda lamentação do profeta: as extorsões do opressor
2 1-4 Segundo oráculo: o justo viverá por sua fidelidade
5-6a Prelúdio II. Maldições contra o opressor
6b-20 As cinco imprecações
3 1 Título III. Apelo à intervenção de Iahweh
2 Prelúdio. Súplica
3-7 Teofania. A chegada de Iahweh
8-15 O combate de Iahweh
16-19 Conclusão: temor humano e fé em Deus

Fonte: Bíblia de Jerusalém.